8 passos para tirar sua ideia do papel

8 passos para tirar sua ideia do papel

8 passos para tirar sua ideia do papel

8 passos para tirar sua ideia do papelTirar sua ideia do papel é atribuir valor para ela. Um bloco com vários rabiscos precisa de atitude para se transformar, por exemplo, em um acontecimento, produto ou realização pessoal. Porém, é certo que poderão aparecer impeditivos. Mas certos conselhos e boas práticas podem ajudar a combatê-los e impulsionar o primeiro passo.

Na busca pela concretização da ideia há hábitos que podem ser eliminados. São eles: a espera constante pelo o que seria o momento ideal, a falta de abertura para novas perspectivas, o perfeccionismo exacerbado, o foco apenas no que os outros fizeram ou fazem, entre outros. Excluindo esses hábitos, a concentração ficará nas ações positivas! Na sequência, listamos 8 passos que irão contribuir com a sua jornada.

Pare agora: 8 passos para tirar sua ideia do papel

1. Parar de somente pensar. Agir!

O primeiro passo, recomendado por especialistas no assunto, é combater um dos maiores inimigos de quem quer tirar sua ideia do papel, a perfeição. É preciso saber que ela nunca chegará. Portanto, mesmo que não seja uma ideia 100% estruturada e com todas as arestas aparadas, deve-se ir em frente e fazer. Assim que você começa a ver sua ideia na prática e pode perceber ajustes que precisam ser feitos para tornar sua ideia cada vez melhor.

2. Acreditar em si mesmo

Glenn Llopis, profissional que prepara as organizações para a liderança, entende que o primeiro e o segundo passos caminham juntos, pois você só pode fazer se acreditar e, se você realmente acredita em algo, deve fazer. Então, para tirar sua ideia do papel é fundamental acreditar em si mesmo ao ponto de conseguir encarar os resultados das decisões tomadas. É comum se deixar impedir pela impressão de que os desafios inesperados serão maiores do que se consegue lidar, e é exatamente isso que não pode acontecer, deve-se manter a crença em si mesmo até o fim.

3. Criar um conselho pessoal

Outra dica valiosa dada por Llopis é estar muito bem acompanhado quando for tirar sua ideia do papel. Acredite em si mesmo, mas saiba aproveitar e aprender com quem já fez isso antes ou até mesmo pedir ajuda. Inevitavelmente, não se tem todas as respostas. Para isso, crie seu conselho pessoal de consultores e permita que eles possam guiá-lo a partir da sabedoria que obtiveram com seus sucessos e contratempos. Receba as informações do seu conselho, avalie, mas siga seu próprio instinto.

4. Conhecer os requisitos

Com sua ideia estruturada, sabendo como ela será afetada por diferentes áreas, avalie quais são os pré-requisitos para o seu funcionamento. Documente o pré-requisito, faça o detalhamento e descreva como cada parte interessada e envolvida na construção da ideia deverá agir. Assim, você saberá quais são os documentos legais, autorizações, entre outros, que deverão ser buscados.

5. Aceitar o risco

O risco deve estar próximo de quem pretende tirar sua ideia do papel. Aceitar o risco significa que se está pronto para enxergar a concretização da ideia de uma forma diferente. Afinal, mesmo que não saia exatamente como planejado, aceitar o risco é manter o foco e não permitir que nada o impeça. Todas as nossas escolhas tem risco, mas com os passos anteriores você pode minimizá-los e se preparar para eles. 

8 passos para tirar sua ideia do papel

6. Definir qual será o primeiro acontecimento

Criar muitos passos pode sobrecarregá-lo, como alerta Aaron Morton. Portanto, foque na realidade, qual é o acontecimento que deve iniciar, a ação que será o ponto de partida. Dessa maneira, fica-se longe da busca pela perfeição e é possível se concentrar não em uma ideia, mas em algo concreto.

7. Controlar as datas

Embora não se deva paralisar por conta do detalhamento excessivo, o controle continua sendo de máxima importância. Por isso, nessa etapa, foque em quanto tempo conseguirá, por exemplo, adquirir os documentos legais que são essenciais para tirar sua ideia do papel. Estabelecer datas para colocar em prática cria um senso forte de compromisso.

8. Aprender a vender sua ideia

Por fim, mais um conselho de Glenn Llopis, para converter sua ideia em realidade, um passo que se deve dar é ajudar outras pessoas a entenderem sua visão. O que, segundo o especialista, é similar a vender uma mudança. Para isso, deve-se definir uma proposta de valor e como ela irá gerar receita. O entendimento está bastante relacionado com simplicidade, é ela que trará engajamento.

Vamos agir? Selecionamos abaixo alguns dos nossos melhores materiais para ajudar você fazer acontecer e concretizar as suas ideias!
Liderança Humanizada – e-Book Grátis aqui!
Como crescer com seu negócio – Faça download gratuito.
Marketing Pessoal – e-Book especial de presente para você!
Empreender no Brasil – e-Book gratuito.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você está inscrita(o)!

Para finalizar sua inscrição, responda o e-mail
que enviamos para você agora.

Siga também: