Poder Social: como usar seu estilo para crescer?

Poder Social como usar seu estilo para crescer

Poder Social: como usar seu estilo para crescer?

Apenas; Constantemente; Depois que; Desde que; Enquanto; Em seguida; Logo depois; Imediatamente; Frequentemente; Ao mesmo tempo; Posteriormente; Conforme; De maneira idêntica; Segundo; Tanto quanto; Tal qual; Por outro lado; Assim como; Em contrapartida; Igualmente; Ao contrário. Antecipadamente; Antes de mais nada; A princípio; De antemão; Acima de tudo; À primeira vista; Desde já; Primeiramente; Antes de tudo; Sobretudo; Primordialmente; Em primeiro lugar. Ainda mais; Assim como; Do mesmo modo; Bem como; Contudo; Juntamente com; Apesar disso; Em outras palavras; Nesse sentido; Por exemplo; Seja como for; Todavia; Ainda assim; Porém; Além disso; Em outras palavras; Ou seja. Agora;

Nos dias atuais, é inegável a importância do ato de se vestir – de saber combinar as peças, coordenar as cores e os acessórios, tudo com adequação e, especialmente, com a atenção redobrada quanto à mensagem que se precisa ou aspira comunicar.

            A Internet, sobretudo as redes sociais – onde, cada vez mais, estão se concentrando as relações pessoais e profissionais – vem exigindo que nos destaquemos.

A dinâmica imposta pelo mundo contemporâneo ressalta o poder de comunicação da imagem. Pesquisas recentes acerca da prática do Instagram revelam que um terço das histórias mais vistas são de empresas e que a maior conexão com os seguidores acontece através dos vídeos e das postagens com fotografia de pessoas, de acordo com a fonte Omnicore e Deborah Oliveira.

Refletindo sobre esses dados e os associando à facilidade de acesso e à alta competitividade do mercado, tanto do digital quanto do “analógico”, sobressai-se a necessidade de se investir em estratégias de diferenciação, pois produtos e serviços similares podem existir aos milhões, mas as qualidades que fazem de uma pessoa única, não. E é aí que o estilo entra como grande aliado na apresentação do seu primeiro cartão de visita: a sua imagem!

De início, proponho que pondere sobre suas respostas a estas três perguntas:

– O que de boca fechada você tem comunicado?  

– O que a sua aparência tem dito a seu respeito e sobre a prestação do seu serviço?

–Você sabe se valer da sua imagem como veículo simbólico de significados?

A moda, muito além de uma simples peça usada para se cobrir, é também um instrumento de expressão social, de valores e de individualização. A Consultoria de Imagem e Estilo, com base na personalidade, nas preferências singulares e na conveniência imprescindível a cada carreira, é capaz de desenvolver para o profissional uma imagem positiva e de alto valor empresarial.

Se a intenção é alçar a ascensão e impulsionar a carreira, o conselho é para que o profissional passe a se enxergar como uma marca e toda a sua representatividade, a começar pela maneira como se apresenta, com consciência da importância de tornar tangível na sua aparência todos os atributos funcionais e técnicos para atrair a confiança do outro em relação às suas habilidades e competências.

Despertar interesse, boas impressões e sensações é uma “arma” poderosíssima para permanecer sempre visível no radar de quem se quer reter a atenção.

A Consultoria de Imagem e Estilo, sob o viés da abordagem dos grupos de mensagens, trabalha com a representação de universos, conforme o estilo do profissional, a necessidade e a adequação para o cargo. Através dos elementos de design – linhas, cores, formas, volumes, texturas e materiais, estampas, silhueta, cabelo e maquiagem, é possível idealizar o que se quer comunicar e influenciar a percepção do outro interlocutor.

Dessa forma, uma etapa importante do processo de seleção do que que irá compor a identidade visual norteia-se pela compreensão de que as respostas dadas às estas outras perguntas – qual é a personalidade da sua marca?; de que maneira você deseja ou precisa ser visto no mercado de trabalho?; com quais características ou palavras gostaria de ter seu nome associado? – funcionarão como balizadores para a decisão de que roupas e acessórios se escolher para firmar a imagem e o posicionamento profissionais, especialmente se considerarmos a sociedade de consumo como a sociedade do signo, aquela que consome o produto não pelo o seu valor utilitário, mas, sim, pela sua representação, de acordo com o filósofo Jean Baudrillard.

A partir disso, o intuito é que você, profissional, se valha da sua aparência como um produto capaz de representar e revelar o valor das suas ideias, do seu trabalho, bem como de atrair novos negócios, de criar relacionamentos e, consequentemente, de operar como estratégia econômica para a empresa.

Na prática, seguem algumas dicas para criar a sua marca pessoal, se posicionar e crescer na carreira:

  1. Tenha em mente que não basta ser, você terá que parecer;
  2. Observe os colegas de profissão que já estão onde você deseja, veja qual é a imagem que transmitem e, respeitando o seu estilo pessoal, modele-os – isto é, aja e se vista de forma semelhante;
  3. Ressalte algo de sua personalidade que aponte a sua autenticidade e, especialmente, dialogue diretamente com o posicionamento da sua empresa ou com o da organização para a qual trabalha e, principalmente, com o público-alvo.  Se você é uma pessoa muito comunicativa, dinâmica e de fácil acesso e isso contribui para a sua alavancagem profissional, deixe transparecer na sua imagem através do cabelo com ondas, da maquiagem colorida e de roupas com tecidos maleáveis, com estampas e linhas em zigue-zague, que conferem movimento à peça;
  4. Avalie a quais valores e mensagens você deve e quer estar ligado. Exemplificando, caso seja interessante projetar uma imagem que pertença ao universo da consistência e segurança e, portanto, comunicar tradicionalismo e maturidade, use padronagem mais clássica, como xadrez, risca de giz, pied-de-poule, cores opacas e sóbrias. Já se o importante for assumir uma postura de poder, que transmita domínio e autoridade, sugiro peças estruturadas e mais fechadas, com alto contraste, ombros marcados e recortes retos, angulares ou verticais. Para o universo da inovação e criatividade, cuja intenção seja comunicar modernidade, a proposta é abusar de tecidos tecnológicos e estampas gráficas, tudo o que remeta a estar antenado às tendências e à frente do tempo;
  5. É interessante, ainda, ter algo que agregue à sua imagem e ajude na construção da sua marca pessoal – como o uso de óculos, que, de acordo com o formato e cor, podem demonstrar traços de uma personalidade mais criativa ou mesmo formal; a cor do esmalte ou o aroma do perfume.

Tudo isso, vale ressaltar, compõe a esfera dos signos, dos elementos que carregam consigo certo sentido, que comunicam algo, que transmitem informação e que são frutos de estudos de ciências, tais como, a Semiótica, a Antropologia e a Psicologia, com a análise dos arquétipos, por exemplo.

Sendo assim, ao construir a sua reputação, não deixe de acrescentar as diretrizes que envolvema identificação e a diferenciação em torno da sua imagem, das suas vestimentas, pois tornar-se um profissional disputado e de valor começa pela visibilidade no seu segmento.

Como bem diz o ditado: “quem não é visto, não é lembrado”! Quanto mais forte for a sua imagem, mais em evidência você estará.

Por Denise Lima
Coach de Atitude® e Consultora de Imagem e Estilo.
@dekaslima 

Apenas; Constantemente; Depois que; Desde que; Enquanto; Em seguida; Logo depois; Imediatamente; Frequentemente; Ao mesmo tempo; Posteriormente; Conforme; De maneira idêntica; Segundo; Tanto quanto; Tal qual; Por outro lado; Assim como; Em contrapartida; Igualmente; Ao contrário. Antecipadamente; Antes de mais nada; A princípio; De antemão; Acima de tudo; À primeira vista; Desde já; Primeiramente; Antes de tudo; Sobretudo; Primordialmente; Em primeiro lugar. Ainda mais; Assim como; Do mesmo modo; Bem como; Contudo; Juntamente com; Apesar disso; Em outras palavras; Nesse sentido; Por exemplo; Seja como for; Todavia; Ainda assim; Porém; Além disso; Em outras palavras; Ou seja. Agora;

Apenas; Constantemente; Depois que; Desde que; Enquanto; Em seguida; Logo depois; Imediatamente; Frequentemente; Ao mesmo tempo; Posteriormente; Conforme; De maneira idêntica; Segundo; Tanto quanto; Tal qual; Por outro lado; Assim como; Em contrapartida; Igualmente; Ao contrário. Antecipadamente; Antes de mais nada; A princípio; De antemão; Acima de tudo; À primeira vista; Desde já; Primeiramente; Antes de tudo; Sobretudo; Primordialmente; Em primeiro lugar. Ainda mais; Assim como; Do mesmo modo; Bem como; Contudo; Juntamente com; Apesar disso; Em outras palavras; Nesse sentido; Por exemplo; Seja como for; Todavia; Ainda assim; Porém; Além disso; Em outras palavras; Ou seja. Agora;

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email